"Although it is not true that all conservatives are stupid people, it is true that the most stupid people are conservative." John Stuart Mill
22
Jan 12
publicado por Tó Zé, às 09:11link do post | comentar

Pretendo com este texto falar sobre dois assuntos que para mim marcaram o dia de ontem. O primeiro assunto é o discurso do primeiro-ministro na cerimónia de abertura da capital europeia da cultura. O segundo assunto é a manifestação do movimento 15 de Outubro que graças aos nacionalistas acabou mal.

Indo ao tema do PM, acho absurdo que ele diga o que disse e depois o presidente diga que este evento é uma declaração de confiança de Portugal ao mundo. Das duas uma, ou o Estado é realmente um grande aproveitador da iniciativa privada, ou, o PR e o PM são antagónicos nas suas declarações mas são do mesmo partido.

Digo que o Estado é aproveitador, porque o governo não quer investir mas os privados investem e ele aproveita-se para mostrar que está tudo bem. Também acho que o Estado já não cumpre as suas funções, uma vez que se há classe que precisa de patronos são os artistas e em tempo de crise raramente os privados querem ser patronos, como tal, o Estado já não serve para cumprir o seu propósito de protetor dos cidadãos. Bestial!

Chegando ao tema da manifestação, tenho a dizer que tenho medo de movimentos que não sejam organizados por partidos políticos, uma vez que eu não sei quem está a organizar aquele acontecimento e qual é o verdadeiro propósito. Ainda que, segundo a rádio renascença, estivesse presente o MRPP, não foi esse partido que organizou a manifestação.

As manifestações de movimentos apartidários incomodam-me principalmente quando no ano passado, o mundo árabe foi destruido por um movimento semelhante organizado pela internet. O mundo árabe ainda tem outra preocupação, uma vez que, antes da revolta, a cadeia de televisão Al-Jazira era considerada associada à al-quaeda e agora é considerada a televisão dos libertadores, com o apoio do mundo ocidental, é estranho.

Mas, voltando ao caso português, a manifestação apartidária foi em frente à assembleia atacado por um grupo de nacionalistas. Mais do que o não saber quem está por detrás de algo, assusta-me quando existe também um movimento nacionalista. Num, eu não sei quem está por trás, noutro sei que são loucos que quando chegam ao poder provocam guerras mundiais, qual o melhor?

É neste estado que nós atualmente vivemos, o país tem líderes que se contradizem e grupos populares perigosos, já para não falar de uma dívida externa catastrófica.

Este é o estado a que o Estado chegou.


mais sobre mim
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
18
19
20
21

23
24
25
26
27

29
30
31


arquivos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO