"Although it is not true that all conservatives are stupid people, it is true that the most stupid people are conservative." John Stuart Mill
15
Fev 12
publicado por Tó Zé, às 18:58link do post | comentar

Hoje, o Irão decidiu bloquear o petróleo iraniano a seis países europeus, entre os quais Portugal. Confesso que já estava, como muitas pessoas a aguardar esta decisão. Mas, o que me preocupa são as consequências políticas e militares desta decisão no Médio Oriente e no mundo ocidental.

Ainda que a cotação do barril de petróleo na bolsa tenha subido (como é de esperar numa situação destas) a economia não me preocupa muito porque decerto o ocidente comprará petróleo a outros países, não comprometendo assim as economias ocidentais.

O grave problema é que o Irão não vai parar por aqui. Provavelmente, se nós os continuarmos a chatear com o programa nuclear, o Irão fechará o estreito de Ormuz e aí, os grandes salvadores (EUA) entrarão em auxílio do mundo livre e civilizado começando uma guerra. Mais grave é o facto de os países árabes estarem em «rebuliço» e pelo menos uma ex-ditadura já vai basear a sua constituição na Sharia, o que a pode unir ao Irão como teocracia islâmica. Se isso acontecer, poderemos estar perante uma grave guerra entre o mundo árabe e o ocidente que se prolongará por alguns anos.

Obviamente, a Europa pode evitar esta situação se, de início (ou agora), não apoiar as decisões diplomáticas e militares dos EUA, algo que não faremos por motivos económicos. A Europa está em crise e precisa da economia de guerra para voltar ao seu auge, para isso, inventámos um conflito, provocámo-lo e vamos sofrê-lo.

Ainda assim, acredito que os governos tentarão de futuro evitar o conflito por agora e deixarão o primeiro ato para Israel.

Relativamente ao programa nuclear em si, acho incompreensível este súbito interesse do ocidente pelo Irão (a não ser pelos motivos dos parágrafos anteriores) e acho realmente que em vez de andarmos naquela caça ao armamento nuclear dos árabes (lembram-se do armamento iraquiano) e olhar para a realidade: Israel tem pelo menos uma bomba atómica (oferecida pelos EUA) e não tem inspeções da agência internacional de energia atómica. Infelizmente, esses são aliados dos EUA.

Para finalizar, espero que tenhamos consciência daquilo que estamos a provocar no mundo graças à nossa sede por uma economia saudável, e também que saibamos quantos jovens podem vir a morrer nesta guerra, a existir.


mais sobre mim
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
16
17
18

19
21
23
24
25

26
27
28
29


arquivos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO